segunda-feira, 10 de junho de 2013

Maravilhas do século 20: forno de micro-ondas

Forno de micro-ondas original
Comer um bolo amanhecido e quentinho, não tem preço!

Se você é daquelas pessoas que ouvia da vó que bolo quente dá dor de barriga e ainda acredita nesta balela que só servia pra você não querer comer o bolo antes da hora que a sua vó decidisse, não sabe o que está perdendo...

Sempre gostei de bolo quentinho, acabado de assar... hmmmm... delícia! Inclusive já “estraguei” alguns porque insisto em cortá-los assim que saem do forno, o que quase sempre deixa o bolo meio ressecado – mas vale a pena: essa primeira fatia com fumacinha subindo paga todo o resto do bolo seco.

Mas não é que bolo dormido esquentado no forno micro-ondas quase se compara ao bolo recém-assado? Pois é verdade... Agora podemos comer o bolo todo quentinho, mesmo no dia seguinte! Ah, micro-ondas... Que bom que inventaram você... Que bom também que o modelo original (inventado por acaso por Percy Spencer em 1945), que tinha 1,70 m de altura e pesava 340 kg foi reduzido para caber nas nossas cozinhas, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você está aqui, também faz parte do Meu Mundo, então, não se acanhe. Deixe seu comentário, sugestão, cumprimento, elogio, reclamação...